Grupo de Vivência do HE inicia no mês de maio

Inicia nesta sexta-feira (24) o Grupo de Vivência do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel). Os encontros serão quinzenais, às sextas-feiras, às 9h, no auditório do prédio administrativo, localizado na rua Marcílio, 939. O objetivo dos encontros é a de troca de experiências entre os colaboradores do HE, para ajuda mútua e fortalecimento das percepções positivas em relação ao trabalho. A atividade será conduzida pelas médicas do trabalho, assistente social e psicóloga organizacional da instituição.

Segundo a psicóloga organizacional, Cristiane Pavani, o projeto foi desenvolvido devido às demandas que chegam ao Serviço de Desenvolvimento de Pessoas (SDP) e à Unidade de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Usost), relacionadas às situações que envolvem o ambiente de trabalho. “Na concepção dessa atividade, tivemos a intenção de prestar acolhimento direcionado ao maior número de colaboradores possível, proporcionando ajuda emocional e promovendo a compreensão e apoio a quem o necessitar”, explicou.

O grupo será conduzido e facilitado por profissionais da área, em um ambiente confidencial e de suporte, onde os colaboradores irão encontrar orientação. “Além de oportunizar espaço de escuta, o grupo também visa: aliviar angústias causadas por situações do cotidiano do trabalho, que compartilhadas possam auxiliar uns aos outros, desenvolver a prática onde cada um pode fazer a diferença na vida de outros, e também compartilhar dificuldades em comum e aprender uns com os outros”, acrescentou a psicóloga.

“No Grupo de Vivências vamos falar e ouvir. Vamos jogar na mesa os sentimentos e olhar com maior capacidade de entendimento”, afirmou a médica do trabalho do HE, Ângela Grassi. Segundo ela, esse espaço será criado para que os profissionais possam falar sobre experiências, sentimentos, vivências e angústias relacionados ao trabalho.