Cuidados Paliativos

Cuidados Paliativos

 
Icone todos-10

O que é Cuidado Paliativo?

A OMS (2002) define Cuidado Paliativo como uma abordagem que promove qualidade de vida de paciente e seus familiares diante de doenças que ameaçam a continuidade da vida, através da prevenção e alívio do sofrimento.

Requer a identificação precoce, avaliação e tratamento impecável da dor e outros problemas de natureza física, psicossocial e espiritual.

O cuidado paliativo e o tratamento curativo são perfeitamente compatíveis e devem funcionar em conjunto.

Numa fase avançada da evolução da doença o cuidado paliativo pode se tornar o único tratamento.


 

Princípios do Cuidado Paliativo

  • Avaliar antes de tratar;
  • Explicar as causas dos sintomas;
  • Não esperar que um doente se queixe;
  • Adotar uma estratégia terapêutica mista;
  • Monitorizar os sintomas;
  • Reavaliar regularmente as medidas terapêuticas;
  • Cuidar dos detalhes;
  • Estar disponível.

Equipe de Consultoria em Cuidados Paliativos. Quem são?

Equipe composta de médico, enfermeiro, psicólogo e assistente social, que juntamente com a equipe assistencial estabelecem ações terapêuticas relativas à promoção de bem-estar e qualidade de vida, controle de sintomas e busca do alívio do sofrimento físico, psicológico, social e espiritual, sempre respeitando as decisões e vontade do paciente com relação ao tratamento e à assistência.


Quem é o paciente que precisa de Cuidados Paliativos?

Os cuidados paliativos não estão só indicados para os pacientes com câncer. Todos os pacientes que apresentam doença com pouca ou nenhuma resposta à terapêutica curativa e com sintomas de sofrimento, como em casos de câncer, demências, doenças neurológicas crônicas, doença cardíaca, doença pulmonar, doença renal, AIDS, entre outras.

O paciente pode necessitar de cuidado paliativo se ele ou um familiar:

  • Sofre de dores ou outros sintomas devido a qualquer doença grave;
  • Apresenta dor física ou emocional de difícil controle;
  • Precisa de ajuda para entender sua situação e coordenar seus cuidados;

Se um paciente recebe os cuidados paliativos, significa que ela não fara mais o tratamento de sua doença?

Estar em Cuidados Paliativos não significa ser privado dos recursos diagnósticos e terapêuticos que a medicina pode oferecer.

  • Os cuidados paliativos são administrados juntamente com o tratamento especifico da doença;
  • Quando o tratamento curativo já não está respondendo, os cuidados paliativos se tornam o foco central da assistência, passando a ser administrado para aliviar os sintomas e outros problemas decorrentes da doença.

Como é o trabalho dessa equipe?

O atendimento é realizado através de consultoria por uma equipe interdisciplinar que:

  • Avalia e acompanha pacientes (e familiares), visando cuidar dos sintomas físicos de desconforto, como dor, fadiga, cansaço, falta de ar e outros que possam causar sofrimento e piora da qualidade de vida.
  • Aborda as necessidades emocionais, sociais, familiares e espirituais do paciente e de sua família, respeitando seus valores e crenças.
  • Sugere a equipe assistencial plano de cuidados dirigido ao paciente e família.

Como solicitar a consultoria?

A equipe assistente deverá preencher o formulário específico de solicitação de consultoria em cuidados paliativos e encaminhar ao serviço, localizado no 2º andar (próximo a unidade de Clínica Médica).


Contato

Telefone: Ramal 350
Horário de Funcionamento da Consultoria: Segunda a Sextas das 07h às 13h
Horário de Atendimento a Familiar/Cuidador: Sexta-Feira das 8h às 10h